POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO

No mundo industrializado, a evolução para estilos de vida cada vez mais sedentários, tanto por motivos pessoais como devido ao meio envolvente, está a provocar um aumento incessante de complicações de saúde, em parte derivadas, quer seja de forma directa ou indirecta, de um excesso de alimentação.
Consequentemente, procedemos a uma avaliação cuidadosa dos efeitos dos nossos produtos, consumidos de forma correcta, no metabolismo. Os resultados dos estudos clínicos realizados, dentro do mais estrito rigor imposto pela legislação vigente, são totalmente tranquilizadores em termos de equilíbrio de gorduras, açúcares, assim como no que se refere à sensação de saciedade.

Dito isto, o problema do excesso de peso e o seu rápido aumento, inclusive na fase de idade infantil, levaram-nos, em muitos dos países onde trabalhamos, a apoiar programas de educação alimentar (EPODE, patrocinado em colaboração com a Direcção-Geral de Saúde e Defesa do Consumidor da Comissão Europeia), assim como iniciativas que contemplam uma formação no que concerne à diferenciação entre mensagem publicitária e programa (Media Smart).

Igualmente, a Ferrero participa activamente no fomento de uma publicidade responsável, que respeite de forma escrupulosa os códigos de autodisciplina reconhecidos pela Câmara de Comércio Internacional (CCI).

A partir de 1 de Janeiro de 2012, o Grupo Ferrero começa a aplicar os princípios correspondentes em questões de publicidade e marketing, cujo texto completo pode ser consultado aqui >