Principais números

Crescimento do Grupo em 2015/2016

UMA REALIDADE GLOBAL

O Grupo Ferrero aprovou as Demonstrações Financeiras Consolidadas do exercício findo em 31 de agosto de 2015, com um faturamento de 9,5 bilhões de Euros.

A Ferrero International S.A., controladora do Grupo Ferrero, aprovou as Demonstrações Financeiras Consolidadas do Grupo do exercício findo em 31 de agosto de 2015. À data, o Grupo consolidava 78 subsidiárias em todo o mundo com 22 fábricas operacionais, das quais três a operar no âmbito das Empresas Sociais. Os produtos Ferrero estão presentes de maneira direta ou por meio de distribuidores autorizados em mais de 160 países.

O Grupo, do qual Giovanni Ferrero é o Diretor Executivo, fechou o exercício com um volume de negócios consolidado de 10,3 mil milhões de euros, o que representa um crescimento de 8,2% em relação ao ano anterior, em que se registou um volume de negócios consolidado de 9,5 mil milhões de euros.

A venda de produtos acabados aumentou nos principais mercados europeus, tais como Alemanha, Polónia, Espanha e França, enquanto Itália se manteve sem alterações. A Turquia também registou um aumento significativo das Vendas Líquidas comparativamente ao ano anterior. Dentro dos países americanos, os EUA e o México registaram o maior aumento das vendas líquidas. A Índia também registou a tendência positiva do ano passado.

BONS PRODUTOS, BONS RESULTADOS

Os produtos que possibilitaram o crescimento das vendas líquidas foram essencialmente Nutella, Rocher, Kinder Surpresa, Kinder Joy, Kinder Bueno e Tic Tac.

Em 2015/2016, o Grupo contava, em média, com 29.206 trabalhadores, em comparação com os 25.784 em 2014/2015, em grande medida devido ao impacto da primeira consolidação completa de Thorntons. A 31 de agosto de 2016, o número de trabalhadores ascendia a 32.990.

MELHORIA E CRESCIMENTO

O Grupo continuou também este ano a investir na melhoria e expansão das suas fábricas, centros de produção e equipamento em linha com os seus compromissos corporativos e sociais, e em constante aplicação das suas estratégias empresariais. As principais estratégias empresariais do grupo conduziram a melhorias ainda em curso no que concerne à qualidade e competitividade dos nossos produtos, dando uma especial atenção à frescura do produto, segurança alimentar e ambiente, aspetos com os quais o Grupo Ferrero está altamente comprometido.

O Grupo fundamentou a sua estratégia de desenvolvimento tecnológico através da expansão da sua capacidade produtiva, com investimentos de capital que ascenderam a um total de 631 milhões de euros (comparativamente aos 646 milhões de euros no ano anterior). No montante total de investimentos de capital, a parte mais significativa incidiu nos investimentos na área da indústria e manufatura (552 milhões de euros ou 5,3% de vendas líquidas, em comparação com os 557 milhões de euros registados no ano anterior, ou 5,8% de vendas líquidas) principalmente em Itália, na Alemanha, Polónia, China e Índia.